Engenharia Genética

        O isolamento, a manipulação e a representaçao do material genético são processos frequentemente comuns. Nossa habilidade para alterar uma dada caracteristica de um organismo sem afetar outros não é tão grande. Quando o objetivo for modificar uma area tão pequena quanto de um aminoácido, o termo utilizado é mutagênese de sítio direcionado.

 

                  Clonagem

          É o isolameno e a amplificação de genes de um indivíiduo com a utilização de vetores plasmídicos. É usada para mover um gene de um genoma mais complexo a um mais simples, no qual é mais fácil determinar a sequência do DNA e/ou proteínas ou estudar a função biológica do gene.

 

 

                  Recombinação in vitro

            O DNA de mitocôndrias, genomas hospedeiros, mRN (CDNA) ou DNA sintetico é isolado e fragmentado. Esse DNA é aderido a um vetor num síio de resgtrição (gerado com endonuclease de restrção) usando a ligase DNA. Com a transfecção desse vetor (plasmídio) a uma célula hospedeira apropriada, grandes quantidades de plasmídio são produzidas, assim como o produto do gene do DNA inserido. Muitos vetores de plasmídio estão propositadamente incapacitados de sere transferidos via conjungação. Um vetor plasmídio-padrão para E. coli é pBR322.

 

 

 

Fontes de Imagens:

https://lucasqueirozsubrinho.blogspot.com.br/2010_05_01_archive.html

https://www1.folha.uol.com.br/ciencia/917627-pentenda-o-processo-da-clonagemp.shtml

 

Sites Recomendados:

https://www.brasilescola.com/biologia/engenharia-genetica.htm

 

Fórum de Discussão: Clonagem

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!