Estrutura e fisiologia das Aves

 

Revestimento corporal, esqueleto e vôo

 

       As aves apresentam formações epidérmicas características do grupo:

 

As penas:

 

        - Formam-se no interior de folículos; nos folículos das penas não há glândulas sebáceas.

        - As principais funções das penas são:

 

            * Proteção do corpo contra choques mecânicos;

            * Impermeabilização da pele e a

            * Manutenção da temperatura corporal (isolante térmico)

            * Possibiltam o vôo.

 

      As aves produzem uma secreção gordurosa que é produzida em uma glândula localizada na parte superior da cauda chamada glândula uropigiana, que tem como função a lubrificação das penas; isso é importante para manter a impermeabilidade do corpo.                

 

      Os patos e cisnes, que são aves aquática, levam constantemente o bico à glândula uropigiana da cauda, colhendo a secreção gordurosa e espalhando-a sobre as penas para impermeabilizá-las.

 

2 - Glândula Uropigiana

 

           A Pena das Aves

 

         A pena consiste em um eixo central, a ráquis, da qual partem obliquamente filamentos denominados barbas, que são o suporte  de filamentos ainda mais finos, as bárbulas.  Estas prendem-se umas às outras por meio de pequenos ganchos, formando uma superfície contínua que protege a pele e que,no caso das penas das asas, dá sustenção ao vôo.Os pássaros passam boa parte de seu tempo alisando cuidadosamente as penas com o bico, procediemnto que vai alinhando as bárbulas e encaixando os ganchos entre elas.

 

 

 

 

          As penas, atualmente presentes somentre nas aves, não constituem uma novidade evolutiva exclusiva do grupo: elas também estavam presentes em répteis hoje extintos, e é esse um dos argumentos utilizados pelos sistematas cladistas para reunir aves e répteis em um mesmo grupo.

 

            Esqueleto

 

        O esqueleto das aves tem caractesísticas próprias, que refletem adaptações ao vôo. Além da estrutura especializada de asas e penas, as aves neognatas têm uma estrutura óssea na parte anterior da caixa torácica, chamada quilha ou carena, adaptada para fixar a forte musculatura peitoral, fundamental ao vôo. As aves tem ossos porosos,menos densos que os dos outros vertebrados. As espécies atuais não tem dentes, o que também contribui parareduzir o peso do corpo. Entretanto como já mencionamos, nem todas as aves voam; certas espéciesperderam essa capacidade em consequência de outras adapatações, por exemplo, a capacidade de correr velozmente como as emas e os avestruzes, ou a capacidade de nadar, como os pingüins, mergulhões e outras espécies de aves aquáticas.

 

 

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!