O Diíbridismo

Conceito: Todos os casos em que se cogita de dois caracteres simultaneamente nos cruzantes e seus descendentes.

 

Indivíduos:

- Homozigotos Dominantes: AABB

- Homozigotos Recessivos: aabb

- Heterozigotos: AaBb

 

Comportamento gênico

 

        No diibridismo os genes se comportam independentemente, isto é, cada par de alelos procede como se os demais não existissem (2ª Lei de Mendel).

 

Características

 

         Os diíbridos (heterozigóticos para dois pares de alelos) formam 4 tipos diferentes de gametas. 

        

         Que são: AB; Ab; aB; ab.

 

                                                    Ex.: AaBb (indivíduo diíbrido)

 

       Por isso, quando se cruzam dois diíbridos, o genograma tem 16 casas e os descendentes se distribuem na proporção de 9:3:3:1 na decrescência numérica das dominâncias (ou seja, o número 9 indica os genótipos dominantes mais comuns e o 1 indica o indivíduo totalmente recessivo).

 

Geração F1

VvRr (autofecundação)

Gametas: VR; Vr; vR; vr

 

Geração F2 VR Vr vR vr
VR VVRR VVRr VvRR VvRr
Vr VVRr VVrr VvRr Vvrr
vR VvRR VvRr vvRR vvRr
vr VvRr Vvrr vvRr vvrr

 

 

- 9 indivíduos: VVRR; VVRr; VvRR; VvRr; VVRr; VvRr; VvRR; VvRr; VvRr.

- 3 indivíduos: VVrr; Vvrr; Vvrr.

- 3 indivíduos: vvRR; vvRr; vvRr.

- 1 indivíduo: vvrr.

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!