O Sistema Cardiovascular ou Circulatório

         O sistema cardiovascular tem como função básica levar nutrientes e oxigênio às células. É um sistema fechado, ou seja, sem comunicação com o exterior, constituído por vasos, e por uma bomba (Coração) que tem como função impulsionar o sangue pela rede vascular. 

 

        Funções:

 

- Transporte de nutrientes absorvidos pelo trato gastrointestinal para o resto do corpo;

 

- Transporte de produtos de excreção das células ou ógãos onde são formados para os ógãos excretores;

 

- Transporte de gases; O2 dos ógãos respiratórios para os tecidos e CO2 no sentido oposto.;

 

- Transporte de hormônios e produtos metabólicos de uma parte do corpo para a outra;

 

- Regulação da temperatura corpórea (principalmente nos endotérmicos), transferindo calor das partes mais internas para a superfície, onde o mesmo pode ser dissipado;

 

- Defesa contra agentes patogênicos permitindo a ação processos imuno-celulares pelo sangue por todo o organismo.

 

 

        O sistema cardiovascular consiste no:

 

Sangue;

 

Coração 

 

Vasos sangüíneos

 

O Sangue

 

      O Sangue é um tecido Conjuntivo especializado, constituído pelo Plasma no qual estão suspensos os elementos figurados, representados por HemáciasPlaquetas e Leucócitos.

 

Plasma - é um líquido amarelado formado por 90% de água, 9% de proteínas, sendo 1 % restante de sais, nutrientes e gases. As mais importantes proteínas no sangue são:

 

Hemoglobina – especializada no transporte de oxigênio para os tecidos, encontra-se nas Hemácias.

Gamaglobulina – constitui os anticorpos, atuando na defesa imunológica.

Fibrinogênio – atua no processo de coagulação do sangue.

Albumina – responsável pelo controle da pressão osmótica do sangue.

 

Constituintes do Sangue

 

 

O Coração

 

 

      Em relação ao coração humano podemos dizer que é um órgão muscular que se localiza na cavidade torácica, na região chamada de mediastino, abaixo do esterno.

     O coração é um órgão muscular e contrátil. Seus movimentos são conhecidos como sístole (contração) e diástole (distensão). Esses movimentos são responsáveis por bombear o sangue pelo sistema cardiovascular do nosso corpo.

    Os seres humanos apresentam um coração com quatro cavidades; assim é conhecido como tetracavitário. São duas cavidades superiores, os átrios, e duas cavidades inferiores, os ventrículos.

      Existe uma válvula, chamada tricúspide, que faz a comunicação entre o átrio direito e o ventrículo direito. O átrio esquerdo comunica-se com o ventrículo esquerdo através da válvula bicúspide ou mitral.

        As válvulas cardíacas são muito importantes, pois têm como função garantir que o sangue siga em uma direção única, que é sempre dos átrios para os ventrículos.

 

        O sistema cardiovascular é dividido em: Circulação Pulmonar e Circulação Sistêmica

 

Circulação Pulmonar ou Pequena Circulação - leva sangue do ventrículo direito do coração para os pulmões e de volta ao átrio esquerdo do coração. Ela transporta o sangue pobre em oxigênio para os pulmões, onde ele libera o dióxido de carbono (CO2) e recebe oxigênio (O2). O sangue oxigenado, então, retorna ao lado esquerdo do coração para ser bombeado para circulação sistêmica. 

 

Circulação Sistêmica ou Grande Circulação - é a maior circulação; ela fornece o suprimento sangüíneo para todo o organismo. A circulação sistêmica carrega oxigênio e outros nutrientes vitais para as células, e capta dióxido de carbono e outros resíduos das células. 

 

 

 

 

Vasos sangüíneos

 

Vasos Sanguíneos

 

As Artérias

 

        Artérias são vasos que levam sangue do coração para os orgãos e tecidos corporais. Elas apresentam parede relativamente espessa, constituída por três camadas de tecido, denominadas túnicas.

 

        As artérias que partem do coraççao ramificam-se progressivamente em artérias menores, atingindo todas as partes do corpo. Nos órgãos e tecidos, os finíssimos ramos terminais das artérias, denominados arteríolas, prolongam-se formando vasos ainda mais finos, denominados capilares sangüíneos.

 

 

Os Capilares sangüíneos

 

        Capilares sangüíneos são vasos finíssimos que estabelecem comunicaçao entre uma arteríoa e uma vênula, isto e, uma veia de pequeno diâmetro.

 

            A parede dos capilares é constituída por uma única camada de células, em continuidade ao endotélio das arteríolas e das vênulas. 

 

         No ponto de conexão entre uma arteríola e um capilar há uma célula muscular lisa, enrolada no vaso sangüíneo, denominada esfíncter pré-capilar. Quando esse esfíncter unicelular se contrai, a passagem do sangue para o capilar é diminuída ou bloqueada; desse modo, o organismo regula o suprimetno de sangue que aflui aos tecidos.

 

 

As Veias

 

        Veias são vasos que levam sangue de órgãos e tecidos para o coraçao, promovendo o retorno da circulação sangüínea. As veias de diâmetro maior apresentam válvulas em seu interior, com função de impedir o refluxo de sangue, garantindo sua circulaão em um único sentido. Outra diferença das veias em relaçao às arterias é que, nas primeiras, o sangue flui não por contrações de suas próprias paredes, e sim pelo movimento dos músculos esqueléticos, próximos a elas, que as espremem, fazendo o sangue fluir em seu interior. Devido às válvulas, o fluxo só ocorre no sentido que leva ao coração.

 

Válvulas do Coração

 

        Nos órgãos e tecidos, as veias estão ligadas às extremidades dos capilares sendo denominadas vênulas. Estas reunem-se e formam veias de calibre progressivamente maior, até as grandes veias que desembocam no coração (veias cavas superior e inferior).

 

 

 

Fontes de Imagens:

https://gfugeradordefrequencia.blogspot.com.br/2011/03/9.html

https://www.afh.bio.br/cardio/Cardio2.asp

https://www.not1.com.br/sistema-circulatorio-coracao-e-sangue-humano-caracteristicas/

https://www.infoescola.com/biologia/sistema-circulatorio/

https://www.precepta.com.br/revisao/diagnostico-tratamento-da-poliangeite-microscopica/

Video Aula: O Sistema Circulatorio

 

  •   Categoria

  •   Licença

    Licença padrão do YouTube

 

        

Prolapso da Válvula Mitral: o que é?

 

        Neste vídeo o Professor Fausto Pinto explica o que é e como surge o Prolapso da Válvula Mitral, indicando ainda as principais complicações desta patologia cardíaca. Esta informação não substitui o aconselhamento presencial e individualizado do seu médico assistente.

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!