Enem

EXERCÍCIOS DE BIOLOGIA

 

Bloco A

 

1. (UFBA) “O grande livro de Charles Darwin – A origem das espécies – foi o documento mais importante do século XIX. Ele mudou permanentemente a visão do lugar que ocupamos na natureza ao mostrar que todas as formas de vida que hoje habitam a superfície da Terra são resultado dos mesmos processos (…).”(MADDOX, p. 223). A mudança de visão referida no texto teve como fundamento, à época de Darwin, evidências concretas e interpretações que incluem:

a) a descoberta de fósseis de animais e vegetais, que evidenciavam a constância das espécies ao longo do tempo.
b) as variações e as semelhanças observadas entre os tentilhões das ilhas Galápagos, sugerindo a existência de um ancestral comum.
c) as contribuições dos estudos da hereditariedade, que dissociavam o comportamento dos genes da transmissão dos caracteres.
d) a independência dos mecanismos evolutivos em relação aos fatores bióticos e abióticos do meio ambiente.
e) a ocorrência de alterações na molécula da hereditariedade como mecanismo de origem de novas espécies.

 

2. (UEL-PR) Em relação à evolução biológica, considere os fatores abaixo:

I – Seleção natural.
II – Adaptação ao meio.
III – Lei do uso e desuso.
IV – Herança dos caracteres adquiridos.
V – Recombinação gênica e mutação.

Quais desses fatores Darwin considerou quando elaborou a teoria da evolução das espécies?

a) Apenas I e II.
b) Apenas I e V.
c) Apenas II e III.
d) Apenas III e IV.
e) Apenas IV e V.

 

3. (Puccamp-SP) Números iguais de duas variedades de plantas da mesma espécie (I e II) foram introduzidos em determinado ambiente. Depois de diversas gerações, verificou-se que a variedade I tornara-se mais abundante. Com base nesses dados, é correto afirmar que:

a) I não foi submetida à ação da seleção natural e, por isso, pôde aumentar em número.
b) I sofreu mutações vantajosas, induzidas pelo ambiente, tornando-se mais resistente.
c) I apresentou maior capacidade de adaptação ao meio, o que aumentou suas chances de sobreviver e de deixar descendentes.
d) II possuía maior número de alelos recessivos que frequentemente levam à letalidade.
e) II, através de um processo de convergência adaptativa, transformou-se progressivamente em I.

 

4. (ENEM/2002) As áreas numeradas no gráfico mostram a composição em volume, aproximada, dos gases na atmosfera terrestre, desde a sua formação até os dias atuais.

 

Biologia Enem

Considerando apenas a composição atmosférica, isolando outros fatores, pode-se afirmar que:

I. não podem ser detectados fósseis de seres aeróbicos anteriores a 2,9 bilhões de anos.
II. as grandes florestas poderiam ter existido há aproximadamente 3,5 bilhões de anos.
III. o ser humano poderia existir há aproximadamente 2,5 bilhões de anos.

É correto o que se afirma em

a) I, apenas.
b) II, apenas.
c) I e II, apenas.
d) II e III, apenas.
e) I, II e III.

RESPOSTAS

1.B; 2.A; 3.C; 4.A.

 

 

Bloco B

1.  (PUC-CAMP) Considere os fenômenos abaixo.

 
I.  Seleção natural
 
II.  Recombinação gênica
 
III.  Mutação gênica
 
A  variabilidade  genética  em uma  população  pode  ser aumentada por:
 
a)  I, apenas.  
 
b)  II, apenas.  
 
c)  I e II, apenas.
 

d)  II e III, apenas.

 

e)  I, II e III.

 

 
2.  (FUVEST) Nas Cianofíceas não se conhece nenhum processo  de  reprodução  sexuada.  Nesse  grupo,  a variabilidade  genética  é causada  especialmente por:
 
a)  recombinação genética.
 
b)  mutação.
 
c)  permutação.
 
d)  conjugação.
 
e)  cruzamentos seletivos.
 
 
 
3.  (UNIFOR)  Em  uma  região,  as  condições ambientais ficaram adversas para uma determinada espécie. Qual dos processos abaixo permitiria maior variabilidade  genética  e, conseqüentemente,  maior probabilidade de sobrevivência da população?
 
a)  brotamento.
 
b)  fissão transversal.
 
c)  fecundação cruzada.
 
d)  regeneração.
 
e)  fragmentação.
 
 
 
4.  (FCMSC-SP) Mutações podem ocorrer em:
 
I.  zigotos
 
II.  óvulos.
 
III.  espermatozóides.
 
IV.  células somáticas.
 
Porém,  uma  mutação  torna-se  hereditária  apenas quando ocorre em:
 
a)  I.
 
b)  I ou em IV.
 
c)  II ou em III.
 
d)  I, em II ou em III.
 
e)  II, em III ou em IV.

 

 

5.  (UFRS) Abaixo são apresentadas três afirmações:
 
I.  As  radiações  ionizantes  causam  mutações gênicas  e  cromossômicas,  independentemente do tipo de radiação.
 
II.  Os  danos  genéticos  provocados  pelas radiações  ionizantes  são  proporcionais  às intensidades das doses.
 
III.  As mutações provocadas por agentes químicos são  de  natureza  diferente  das  mutações provocadas pelas radiações ionizantes.
 
a)  Apenas II e III são corretas.
 
b)  Apenas I e III são corretas.
 
c)  Apenas III é correta.
 
d)  Apenas I é correta.
 
e)  Apenas I e II são corretas.

 

 

 

Bloco C

 

1.  (UFPA)  Antes  da  Revolução  Industrial,  o  tipo original da mariposa  Biston betularia  (asas brancas salpicadas de  cinza)  era  o  tipo predominante perto do  distrito  de  Manchester na  Inglaterra,  sendo raros  os  tipos  mutantes  da  forma  melânica,  de coloração  escura. Após  a  instalação  do  maior parque industrial da Europa naquela área, a fuligem lançada pelas fábricas escureceu o solo, as rochas e os troncos.  A  partir  dessa  mudança,  a  variedade escura tornou-se comum em Manchester, enquanto a forma selvagem original tornou-se rara.
 
Pode-se  concluir  desta  observação  que  a  mudança ocorrida deveu-se a (à):
 
a)  um aumento natural na taxa de mutação para a coloração mais escura, adaptando-a ao novo meio ambiente.
 
b)  um  aumento  na  taxa  de  mutação  para  os genes  da  resistência  a  ação  da  fuligem  nas formas escuras.
 
c)  um  aumento  do  número  de  predadores  de mariposas  escuras  na  área  poluída  com conseqüente  aumento  dessas  formas  na área industrial.
 
d)  um  aumento  na  predação  das  mariposas claras  e  conseqüentemente  maior  vantagem seletiva no tipo melânico.
 
e)  ação  da  fuligem,  induzindo  novas  mutações para  a  cor  escura  que  foram  então transmitidas aos descendentes.
 
 
 
2.  Qual  das  seguintes  estruturas  teria  menor  valor seletivo para microrganismos que habitam no fundo dos oceanos?
 
a)  cloroplastos.
 
b)  retículo endoplasmático.
 
c)  flagelos.
 
d)  vacúolos.
 
e)  cromossomos.
 
 
 
3.  (UNI-RIO)  A  infecção  hospitalar  é  motivo  de preocupação,  porque  os  microrganismos causadores são resistentes a um grande número de antibióticos. Esta resistência deve-se a à):
 
a)  modificações  constantes  no  metabolismo microbiano  para  neutralizar  a  ação  do antibiótico.
 
b)  adaptação  individual,  que  não  pode  ser transmitida hereditariamente.
 
c)  adaptação individual, que pode ser transmitida hereditariamente.
 
d)  utilização  de  muitos  tipos  de  antibióticos  num hospital, o que provoca mutações que geram a resistência.
 
e)  ampla  utilização  de  antibióticos  em  ambientes hospitalares,  o  que  seleciona  linhagem resistentes.
 
 
 
4.  (UEL-PR)  O  homem  obteve  espécies  de  animais  e plantas  com  características  que  são  de  seu interesse. O processo mais comumente usado para isso foi:
 
a)  provocar artificialmente mutações.
 
b)  selecionar mutações surgidas naturalmente.
 
c)  cruzar espécies diferentes.
 
d)  observar  a  seqüência  de  eventos  na  seleção natural.
 
e)  transportar  as  espécies  de  interesse  para climas diversos.
 
 
 
5.  (PUC-MG)  “Quanto  maior  for  a  variabilidade genética  de  uma  população,  maior  será  a capacidade  dela  de  se  adaptar  às adversidades  do meio.”
 
Essa afirmação é:
 
a)  falsa,  porque  a  variabilidade  tem  valor individual e não populacional.
 
b)  verdadeira,  pois  maior  variabilidade  genética indica  maior  capacidade  de  resposta  às mudanças ambientais.
 
c)  falsa,  porque  é  o  meio  que  determinará  no indivíduo as mudanças genéticas necessárias e apropriadas ao momento.
 
d)  verdadeira,  porque  corresponde  aos  preceitos elaborados  por  Lamarck  na  teoria  do  uso  de desuso.
 
e)  questionáveis,  pois  não  há  evidências  seguras do real valor da variabilidade genética.
 
 
 
6.  (CESCEM-SP)  Sabe-se  que  indivíduos  capazes  de digerir determinada proteína têm genótipo dd. Para calcular a freqüência do gene d em uma população, será necessário saber, inicialmente:
 
a)  a  porcentagem  de  indivíduos  dd  nessa população.
 
b)  a  porcentagem  de  mulheres  com  genótipo  dd nessa população.
 
c)  a  porcentagem  de  indivíduos  que  exibem caráter dominante (D) nessa população.
 
d)  o número de indivíduos dessa população.
 
e)  se há dominância completa entre os genes D e d.

 

 

7.  (UFMG)  “O  conjunto  de  genes  das  populações muda  lentamente,  devido  a  vários  fatores:  1) ocorrem  alterações  do  material genético, introduzindo  novas  variações genéticas;  2)  alguns alelos  tornam-se  mais  freqüentes  porque  trazem vantagens  a  seus portadores  em  determinados ambientes;  3)  indivíduos  podem  entrar  ou  sair  de uma  população, alterando  as  freqüências  dos genes...” Os números 1, 2 e 3 correspondem a:
 
a)  1) oscilação genética; 2) seleção; 3) migração.
 
b)  1) mutação; 2) seleção; 3) oscilação genética.
 
c)  1) migração; 2) oscilação genética; 3) mutação.
 
d)  1) oscilação genética; 2) migração; 3) seleção.
 
e)  1) mutação; 2) seleção; 3) migração.
 
 
 
8.  (UFMG)  A cor da raiz da cenoura é controlada por um  par  de  genes  autossômicos.  O  gene  B  é responsável  pela  cor  branca  e  seu alelo  recessivo, pela  cor  amarela.  Um agricultor  colheu  20  000 sementes  de  uma  população  pan-mítica,  que  se cruza  ao  acaso,  das quais  12  800  desenvolveram plantas com raízes brancas.
 
A partir dessas informações pode-se afirmar que
 
a)  a freqüência do gene para coloração amarela é de 36% nessa população.
 
b)  a freqüência de heterozigotos nessa população é de 25%.
 
c)  a  freqüência  de  plantas  com  raízes  amarelas será  de  64%  se  a  população  se  mantiver  em equilíbrio.
 
d)  a  probabilidade  de  formação  de  gametas  B  é de 80% nessa população.
 
e)  a  probabilidade  de  ocorrência  de  homozigotos nessa população é de 52%.
 
 
 
9.  (FUVEST)  A  freqüência  de  indivíduos  afetados  por uma  anomalia  genética  autossômica  recessiva,  em uma  dada  população,  era 0,16.  Constatou-se  a diminuição dessa freqüência após
 
a)  a morte de 5% da população total por falta de alimento.
 
b)  a  migração  de  muitos  indivíduos  homozigotos dominantes.
 
c)  o  nascimento  de  48  indivíduos  afetados  entre 300 nascidos.
 
d)  o  casamento  preferencial  de  indivíduos heterozigotos.
 
e)  o  crescimento  da  população  devido  à diminuição da predação.

 

 
10.  (FATEC)  Explique  dois  fatores  evolutivos  que tendem  a  aumentar  a  variabilidade  genética  nas populações.
 
 
 
11.  O  que  significa  exatamente  a  afirmação:  “As mutações ocorrem espontaneamente”?
 
 
 
12.  Uma  determinada  espécie  animal  tem  2n  =  8 cromossomos.  Quantos  tipos  de  gametas,  quanto às combinações cromossômicas, podem formar um macho  dessa  espécie?  Não  considere  a  ocorrência de crossing-over.
 
 
 
13.  (UNICAMP)  Quando,  em  1832,  Darwin  chegou  à Terra  do  Fogo  (extremo  sul  da  América  do  Sul),  a bordo  do  “Beagle”,  ficou impressionado  com  as condições  em  que viviam  os  habitantes dessa região. Viu  indígenas completamente nus, tripulando canoas em águas  agitadas  sob temperaturas  que  iam  de  02C  a  08C,  durante  o verão.  Para assegurar  seu  sustento,  eles  tinham que  passar mais  da  metade  do  dia  nessas  canoas, constantemente  banhados  pelas  águas  geladas  do mar.  Muitas  vezes  mergulhavam  à  cata de mexilhões.  À  noite  dormiam  nus  no  chão  úmido  e gelado.
 
Sabe-se que o índice de metabolismo basal dos habitantes da Terra do Fogo é mais elevado do que se observa na maioria das populações de seres humanos, em outras regiões.
 
Do ponto de vista genético-evolutivo, como poderia ser explicada a adaptação dessas populações humanas a este ambiente especial, no decorrer de longos períodos de tempo (possivelmente  milhares de anos)?
 
 
 
14. (FUVEST) As sulfonamidas tiveram grande sucesso no tratamento da gonorréia, por sua ação fulminante sobre os gonococos.Entretanto, após poucos anos de uso em larga escala, verificou-se que os gonococos responsáveis pelos novos casos da doença eram, em sua maioria, resistentes a sulfonamidas. Explique o mecanismo que determinou essa situação.
 
 
 
15. (UFRJ) Leia  com  atenção  as  seguintes informações:
 
Informação I: O número de espécies de insetos que comem plantas na região tropical é, aproximadamente, três vezes maior que o de espécies que comem plantas na região temperada.
 
Informação II: As plantas produzem substâncias, como os alcalóides, que são tóxicas para muitas espécies de insetos que se alimentam de plantas.Um estudo mostrou que 35% das espécies de plantas da região tropical produzem alcalóides, enquanto apenas 15% das espécies de plantas da zona temperada produzem essas substâncias.
 
Explique o mecanismo evolutivo que possivelmente gerou essa diferença percentual entre as plantas das duas regiões.
 
 
 
16.  (UFMS) “Os avanços da medicina fizeram com que muitas pessoas portadoras de genes prejudiciais, produtores de doenças, passassem a ter sobrevivência maior, de maneira que, paradoxalmente, a medicina está contribuindo para aumentar a freqüência dos genes nocivos nas populações modernas”...
 
Texto  extraído  do  livro  Genética  médica,  de Oswaldo Frota Pessoa, Paulo Roberto Otto e Priscila Guimarães Otto, 1975, pág. 242-245.
 
Baseado no texto:
 
a)  Cite  duas  características,  condicionadas  por genes,  que  estejam  sendo  favorecidas  por esses avanços da medicina.
 
b)  Comente  como  deveria  ser  antigamente  a freqüência das características que você citou.
 
 
 
 
Bloco A
 

RESPOSTAS

1.B;   2.A;   3.C;   4.A.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!