Maconha e fetos

Pesquisadores da Universidade de Aberdeen, na Escócia, mostraram que fumar maconha durante a gravidez pode atrapalhar o desenvolvimento do cérebro dos bebês. O estudo avaliou a importância de moléculas produzidas pelo cérebro e o modo como as células nervosas reconhecem e formam sinapses (redes de contato entre nossos neurônios).
 
Moléculas de endocanabinóides, naturais do cérebro, teriam uma função semelhante ao THC da maconha, e afetariam os mesmos receptores nervosos. Alterações nessas moléculas (causadas pelo consumo de maconha e de outros medicamentos, como anorexígenos) podem prejudicar o desenvolvimento do cérebro do feto. Pesquisas anteriores já haviam demonstrado que filhos de mulheres que usaram maconha na gravidez tinham mais dificuldades com atividades físicas, por exemplo.
 
PNAS
 
 
 
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!