Mitos e Verdades sobre as Alergias

porEquipe No Pátio

 

     Nessa época do ano, ter crises alérgicas e resfriados que teimam em aparecer com freqüência é super comum. Espirros, coceira no nariz, olhos inchados e irritados fazem parte dos sintomas de um quadro alérgico ou de uma gripe leve. Além de motivos relacionados a limpeza do ambiente, como os ácaros, fungos e excesso de pó, os períodos mais quentes do ano são também são agravantes para pior essa situação.  

     Para acabar de vez com essas alergias desagradáveis, fique atento aos mitos e verdades sobre o assunto e aprenda a manter o ambiente ideal para ficar com a saúde em dia:

 

 

Bombinhas para asma fazem mal ao coração.

 

Mito – A asma faz parte das doenças do sistema respiratório e um dos sintomas é a obstrução do fluxo de ar. Sendo assim, as bombinhas tem broncodilatadores capazes de relaxar os músculos, causando melhoras significantes no estado do paciente e ajudando o ar a passar com mais facilidade.

 

Alergia é incurável.

 

Verdade – É possível controlar, mas não curar a alergia. Os tratamentos a base de água purificada, cloreto de sódio e cloridrato de fexofenadina ajudam e muito a manter as crises sob controle, mas não curam para sempre o problema. Isso acontece porque os alérgicos têm a condição genético para tal quadro.

 

Não devo usar remédios no nariz por muito tempo.

 

Verdade – O certo é sempre consultar um especialista antes de ingerir qualquer tipo de medicação e lembrar que nenhum remédio para uso nasal deve ser recorrido por mais de cinco dias consecutivos. O uso descontrolado desse tipo de remédio pode causar danos como feridas e obstrução nasal.

 

Mulheres grávidas não podem usar remédios para asma ou rinite.

 

Mito – Gestantes só podem ingerir medicamentos sob prescrição médica. Mas, em muitos casos, os médicos liberam o uso de medicamentos para o nariz sim e isso ajuda a futura mamãe a respirar melhor e não sofrer tanto com incômodos e com a falta de oxigênio.

 

Conheça os sintomas:

 

Rinite: espirros constantes, coceira insistente no nariz, muita coriza, nariz entupido quase sempre e até vermelhidão na pele da ponta do nariz, devido a coceira e a irritação.

 

Conjuntivite: coceira aguda nos olhos, bastante incômodo ao piscar e vermelhidão nos olhos.

 

Asma: tosse seca constante e irritante, crises de falta de ar – tanto por motivos de poeira, ácaro ou como fatores emocionais também– chiado no peito devido a tosse seca e, em alguns casos, infecção pulmonar.

 

Mantenha as alergias bem longe!

 

1. Casa arrejada é o melhor remédio. Nada de janelas trancadas o tempo inteiro. Pelo menos uma vez ao dia deixe tudo aberto para que o sol ilumine a casa e acabe com o mofo.

 

2. Lençois e outras roupas de cama como fronhas e colchas devem ser trocadas uma vez por semana.

 

3. Os travesseiros também merecem atenção especial. Uma vez por ano devem ser substituídos por novos.

 

4. Um bom truque é virar o colchão a cada quinze dias!

 

5. Aposte nas capas de sofá laváveis e evite o excesso de ácaro no local.

 

6. Produtos com cheiro ativo são péssimos para os alérgicos. Então, opte por água e sabão neutro para realizar a limpeza da casa.

 

Fotos: Reprodução

 

Site: https://www.nopatio.com.br/comportamento/mitos-e-verdades-sobre-as-alergias/

 

Licença: https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/

 

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!