Filo Mollusca - Moluscos

        O filo Mollusca (moluscos) reúne animais de corpo mole, em geral revestido por uma concha calcária rígida. A maioria é marinha, mas também são encontrados em ambientes de água doce ou em terra firme. Seus representantes mais conhecidos são caramujos, mexilhões, lesmas, polvos, lulas, etc. O filo dos moluscos apresenta um grande número de espécies, ficando atrás apenas dos artrópodes. 

    

                                                  Gastrópode - Caramujo                                 Bivalve - Vieira                                    

 

 

   Cefalópode - Polvo

 

        O corpo mole dos moluscos é dividido em três partes básicas: cabeça, e saco visceral ou massa visceral. A cabeça porta a boca, e pode ser extremamente reduzida em alguns grupos. O , geralmente, é uma sola achatada e muscular, situada na superfície ventral do corpo. A massa visceral corresponde a uma bolsa no interior da qual se encontram os órgãos internos. Muitas classes apresentam também uma concha que recobre e protege o corpo do animal. A concha é uma estrutura composta por carbonato de cálcio secretado por glândulas epidérmicas.A concha é produzida pelo manto ou pálio, que é uma dobra da epiderme, responsável pela produção da concha. Em muitos moluscos o manto prolonga-se além do saco visceral, delimitando entre ele e o corpo uma cavidade denominada cavidade do manto ou cavidade palial, onde se abrem o ânus, os poros excretores e os dutos das gônadas, e é onde localizam-se as estruturas responsáveis pelas trocas gasosas, que podem ser uma ou mais brânquias ou um pulmão.          

         As brânquias realizam as trocas gasosas no meio aquático e os pulmões no meio terrestre.            

           Obs.: Em certas lesmas, houve perda do pulmão, e as trocas gasosas ficaram restritas à suerfície do corpo.

      Os moluscos são triblásticos, celomados e Protostômios. O corpo é revestido por uma epiderme rica em glândulas e apresenta simetria bilateral.

       Os moluscos são enterozoários completos. Muitos deles possuem uma estrutura raladora chamada rádula

 

                Classes de moluscos

        Classe Aplacophora

            São moluscos pouco conhecidos, com cerca de 2,5 centímetros de comprimento. Possuem corpo vermiforme e algumas espécies são capazes de viver em grandes profundidades. 

Aplacophora - Epimenia

           Classe Monoplacophora

            Os monoplacóforos também são exclusivamente marinhos e habitam águas profundas. Seu corpo é totalmente recoberto por uma concha única, vindo daí seu nome (do grego mono: um).

 

 

                Classe Polyplacophora - muitas plascas

                Os poliplacóforos são popularmente chamados de quítons e vivem aderidos a rochas nas regiões entre marés ou submersas. Sua concha é formada por uma série de oito placas sobrepostas e articuladas, por isso o nome Polyplacophora (do grego polys: muito).

       

                     Classe Scaphopoda

         São moluscos exclusivamente marinhos cuja concha lembra uma pequena presa de elefante, oca e aberta nas duas extremidades. São popularmente conhecidos como concha-dente. O desses animais é musculoso e adaptado a escavar o substrato. Vivem parcialmente enterrados na areia. Conhecidos, em geral, por dentálios.      

 

                     Classe Bivalvia   

              Os bivalves são um grupo grande e muito diverso. Existem espécies marinhas e de água doce. Alguns exemplos são as ostras, os mexilhões e os mariscos. Possuem uma concha composta por duas partes, chamadas de valvas, articuladas por uma espécie de dobradiça situada na região dorsal. Possuem uma cabeça reduzida e um pé estreito que lembra a forma de um machado.     

Classe Bivalvia (duas metades de concha)           

 

                     Classe Gastropoda            

            É a que apresenta o maior número de espécies e maior diversidade de hábitats entre os moluscos, sendo a única com representantes em três tipos de ambiente: marinho, de água doce e de terra firme. Alguns gastrópodes bem conhecidos são as lesmas, os caracóis de jardim e os caramujos. Existem espécies com concha, geralmente espiralada, como os caracóis e caramujos, ou sem, como as lesmas. O nome do grupo faz referência ao seu pé dorsal e musculoso, situado abaixo do estômago (do grego gastros, estômago, e podos, pé).      

 

                     Classe Cephalopoda - Pé na cabeça

                  Moluscos sem concha externa, que apresentam uma estrutura interna e uma morfologia bastante diferentes dos demais. São o polvo, a lula, o náutilo e o calamar, animais exclusivamente marinhos. O pé dos cefalópodes é dividido em tentáculos. Vivem exclusivamente no mar.        

           Muitas espécies possuem células especiais e pigmentadas chamadas cromatóforos, que permitem a esses animais mudar de coloração. Alguns cefalópodes, como as lulas, também são dotados de um pequeno órgão, em forma de saco, que contém um fluído escuro. Quando ameaçados, esses animais liberam o fluído, dificultando a visão do predador.           

Polvo

 

 

Fontes de Imagens:

https://4.bp.blogspot.com/--Dv8WBk2Kt8/TiIE4RQYpmI/AAAAAAAAAsQ/RfdKonSQVFE/s1600/MOLUSCOS+GERAIS.bmp

https://fossil.uc.pt/pags/fbm_bivalve.dwt

https://unbagenciana62sbpc.blogspot.com.br/2010/07/pesquisadora-descobre-quatro-especies.html

https://educacao.uol.com.br/disciplinas/biologia/moluscos-conheca-as-caracteristicas-desse-filo.htm

https://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/filo-mollusca/filo-mollusca-3.php

https://biotravel.com.br/moluscos.htm

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!